quarta-feira, 29 de abril de 2009

Seios após amamentação

 Dra. Luciana Pepino
Em homenagem à Semana Mundial de Aleitamento Materno e a proposta de blogagem coletiva sobre o assunto escrevi esse post para acabar com um dos maiores mitos relacionados com a beleza.

Futuras mamães vaidosas que querem amamentar podem relaxar: ao contrário do que muita gente imagina, amamentar não causa, nem aumenta, a flacidez nos seios.

Um estudo divulgado em novembro do ano passado concluiu que amamentar não tem efeito sobre a flacidez ou diminuição dos seios. O estudo foi elaborado pelo cirurgião plástico da Universidade do Kentucky, Dr. Brain Rinker. Ele ficou intrigado para ver se tinha sentido o pedido da maioria das mulheres que o procurava para realizar implantes no seio: que ele consertasse os estragos causados pela amamentação. O Dr. Rinker concluiu que não é o fato de amamentar e sim o de engravidar, engordar, fumar e envelhecer que causam os estragos que ele procura consertar.


Amamentar só faz bem para a saúde e beleza da mamãe e do bebê!
Então porque boa parte das mulheres discorda da ciência e bate o pé de que amamentar derruba sim os seios?

O que ocorre é que as mamas aumentam muito de volume durante a gravidez, já que as glândulas que irão produzir o leite se desenvolvem (independente da vontade da mulher de amamentar ou não). Então a pele tem que esticar para comportar esse aumento, ela pode ficar flácida quando voltar ao normal. Dessa maneira a gravidez tem sim um papel na flacidez dos seios, mas o tempo de amamentação não. Amamentar por 2 anos (como recomenda a Sociedade Brasileira de Pediatria) não vai deixar a mulher com os seios mais flácidos do que aquela que amamenta por um mês.

O que estica muito e depois volta ao normal gera flacidez, como ocorre com a barriga na gravidez ocorre nos seios, o processo é parecido. Não amamentamos pela barriga e mesmo assim elas ficam flácidas e cada vez mais, após cada gravidez. Aliás o estudo concluiu que o número de gestações tem sim efeito na flacidez dos seios.

Tem mulheres que relatam por exemplo que amamentavam mais em um seio do que no outro e esse “caiu mais”. Porque isso acontece então? Porque no seio que produziu mais leite foi melhor preparado pelo corpo para a amamentação, suas glândulas mamárias se desenvolveram mais e é por isso, e não porque o bebê sugou mais ali, que esse seio tende a cair mais do que o vizinho. O importante é isso, essa preparação para a amamentação que ocorre durante a gravidez, e que é fisiológica e incontrolável, que altera os seios e não a amamentação em si.

Outros fatores que comprovadamente influem na flacidez dos seios são idade, genética, tamanho das mamas, fumo e falta de exercício físico.

Além de não derrubar os seios amamentar tem um fator positivo na beleza da mulher: ajuda a recuperar o peso conquistado durante a gestação. O estudo abaixo sobre benefícios da amamentação para a saúde da mulher esclarece que amamentar exclusivamente o bebê nos primeiros 6 meses de vida faz com que a mulher perca uma média de 500g por semana. O estudo mostra ainda que além de ajudar na recuperação do peso, a mulher que amamenta tem menos risco de desenvolver câncer de mama e de ovário mais tarde e menor risco de sofrer fraturas no quadril por osteoporose quando chegar na menopausa.

11 comentários:

Lílian Sales disse...

Olha, concordo com o texto publicado...
Mas eu fiquei com um seio maior que o outro, meu bebê está com 11 meses e eu ainda o amamento! mais me sinto ridícula, evito o espelho! sinto-me feliz por ele, que é um bebê muito saudavel, no entanto eu, estou a cada dia mais chateada com isso!
o que devo fazer? existe algum especialista que devo procurar?

Lílian Figueredo 21 anos

Raquel disse...

Os seios podem até ficar diferentes durante a amamentação, se vc amamentar mais em deles que no outro, mas terminado eles voltam ao normal.

Eu tenho um seio maior que o outro, mas porque amamento mais em um seio do que no outro.

estela disse...

minha filha tem 10 meses e meu seio tbém ficou um bem maior que o outro, ficou bem flácido também!! ela ainda mama no seio, não gosta de mamadeira,embora eu esteja fazendo um gde esforço, ela não quer nem saber da mamadeira!!
como sou muito vaidosa, tenho medo de estragar meus seios, que eram lindos!! será que voltam ao normal??????????? me respondam
bjs
teia

**LiNe** disse...

Olha tenho 20 anos e minha bb fez um aninho agora em abri(2011)mas meus seios estão visivelmente com tamanhos diferentes. Não seii o que fazer pq tenho vergonha e isso infuencia até no meu casamento, tmb sou vaidosa e não uso mais roupas que gostaria de usar por esse motivo oq faço?

juliana disse...

meu seio direito esta enorme, pois minha filha so quer mamar nele. Me sinto feliz por ela pq sei que é importante a amamentação, mais ao mesmo tempo estou triste, não gosto mais de ficar sem sutien, de me olhar no espelho, meu marido me ve sem blusa de jeito nenhum. Por favor me ajudem?

Luana disse...

Meu filho tem 4 meses e só mama no seio esquerdo, por esse motivo a diferença de tamanho e enorme... Nem me olho mais no espelho! O que devo fazer? Meu seio vai voltar ao normal depois da amamentação ou essa diferença vai continuar?

Cinthia@gmail.com disse...

Bom! meus seios estão equilibrados, pois meu bebe mama os dois, mas estão muito fláxidos e caídos. Quero muito que voltam ao normal depois do desmame, não sei se isso vai acontecer, espero que sim.

Vanessinh@ disse...

Olha, fico triste por acontecer isso com a gente mais ao mesmo tempo Feliz por saber q eu nao sou a unica. (risos).
Sabe q eu sofro mto com isso, sinto mta vergonha d mim mesma eh a pior coisa q a mulher pode se sentir por ela eh a vergonha.
Meu marido graças a Deus gosta de mim assim mesmo e ainda briga por eu nao deixa-lo tocar.
Meu filho concerteza eh o q mais gosta nessa historia toda pois adora mamar. (olha se hoje eu pode-se resolveria isso tudo de vez pois sinceramente nao me vejo como uma mulher bonita, atraente perdi completamente a minha alto estima infelizmente. E eh mto triste falar assim mais eh a realidade!!

Vanessinh@ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
V.Nomoto disse...

Amamentar é lindo. É muito satisfatório, importante. é muito divertido. Amo amamentar. Mas falar que não opeito não fica flacido é uma histórinha pra boi dormir. O certo é apoiar, incentivar as potenciais e futuras mães a amamentar pela sua importancia no vinculo mãe/filho e na saude da criança. Mas não menos importante, é orientar SEM MENTIR, sobre as consequencias disso, para que a mulher não se decepcione, e espere o que vem pela frente.

karine dias disse...

nossa eu telho um seio bem maio q o outro por isso eu nao uso sutiam de bojo porque o normal ajuda a aperta o seio nao sei o q faze meu filho so mama no maio tento da no outro mais ele mim morde nao pega porque o leite tem um gosto estranho