sábado, 17 de outubro de 2009

Boneca lactente chega às lojas com polêmica

Por BBC, BBC Brasil, Atualizado: 15/10/2009 5:07
Boneca lactente chega às lojas com polêmica na Espanha

"Criança com a boneca "(ao lado)

Bebê Glotón (Bebê Comilão), a nova boneca lactente espanhola que permite à criança imitar os gestos da mãe amamentando o filho, chegou às lojas da Espanha nesta semana com uma grande polêmica internacional.

O brinquedo de 50 centímetros inclui uma espécie de miniblusa que deve ser vestida pelas crianças para simular os seios e permitir o encaixe da boca do boneco, que repete os movimentos e ruídos da sucção.

As instruções seguem o exemplo real da amamentação: colocar o bebê para arrotar depois de mamar (o boneco também emite o barulho), trocar de seio se ele chorar, indicando que continua com fome, e acariciar a barriga para aliviar problemas de indigestão.

A ideia da companhia espanhola Berjuan, fabricante da boneca, foi apoiada pela Fedalma (Federação Espanhola de Associações Pró-Lactância Materna) que considera o brinquedo "uma forma de educar as meninas sobre a importância da amamentação", disse à BBC Brasil a secretária-geral da Fedalma, Eulália Torres.

"Quem sabe isso não ajuda a mudar mentalidades? Talvez os problemas diminuam cada vez que uma mulher abra um sutiã para dar o peito a seu bebê num espaço público se o ato for cada vez mais natural", disse Torres, ressaltando que 30 instituições dão aval ao projeto.

Críticas

Mas, para outras associações o boneco promove a sexualidade precoce e pode incitar o aumento dos índices de gravidez infanto-juvenil.

"Amamentar é um ato maravilhoso e sempre é preciso ampliar este conceito, mas nos parece completamente desnecessário e inapropriado permitir que uma criança imite este gesto porque pode ter conotações sexuais equivocadas", disse à BBC Brasil o presidente da Fundação Lar e Família, instituição conservadora de tradições familiares, Rafael Lozano.

O slogan da polêmica campanha publicitária do Bebê Glotón: "Não deverias esperar ter peitos para poder alimentar o teu bebê", desagradou instituições além das fronteiras espanholas.

Como o brinquedo também será vendido na Inglaterra, a polêmica chegou também na Associação Real de Parteiras do Reino Unido (Royal College of Midwives), que questionou a necessidade de oferecer um brinquedo que ensine a amamentar.

Em declaração à imprensa inglesa, a porta-voz da associação, Janet Fyle, disse que "deve haver outras maneiras alternativas de educar as nossas filhas para que vejam como normal o ato de amamentar um bebê".

A boneca

"A boneca " (ao lado)

Naturalidade

A empresa responsável pelo brinquedo já esperava a polêmica e chegou a modificar o desenho original depois das primeiras críticas recebidas, quando o projeto foi citado pelos jornais espanhóis no último mês de junho.

Na espécie de blusinha que a criança deve usar para brincar com o boneco foram colocadas flores onde antes havia reproduções de seios.

"O que queremos é que o ato de amamentar seja visto com mais naturalidade, sem escandalizar ninguém. Se as crianças copiam os hábitos dos adultos, porque não copiar um que é saudável e natural? É um brinquedo e nos parece divertido e educativo," disse à BBC Brasil o diretor de vendas da Berjuan, Cesar Bernabeu.

Segundo as previsões da companhia espanhola, que ainda está em negociações com distribuidores, o boneco poderá chegar ao mercado brasileiro até o Natal.

Na Espanha, o Bebê Glotón está sendo vendido por 39 euros (cerca de R$ 120), em versões de roupas cor-de-rosa e azul.

Os quatro primeiros exemplares já têm donas. Eles foram enviados ao Palácio Real como presentes para as netas do Rei Juan Carlos.

A Casa Real Espanhola não comentou a notícia.

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Um comentário:

Dayse disse...

Olá leitoras do blog...eu acho super interessante este lançamento, estamos sempre criticando as bonecas com mamadeiras e chupetas, então aí está uma novidade, para aqueles que desejam ver alguns passinhos em direção à uma mudança cultural.

Quando dizem que não é necessário que as crianças aprendam a amamentar, então como fica o fato delas "poderem" aprender a dar mamadeira para as bonecas??

Será que também brincar com bonecas em geral não as incentivaria a despertar mais cedo o desejo pela maternidade e claro que para isso o caminho seria a sexualidade?

Se o fato de lançar uma boneca que mame, fosse um estímulo para que as crianças iniciassem precocemente a sua sexualidade, isso já teria acontecido a partir do momento que passaram a ter contato com as bonequinhas de pano de beeem antigamente, não concordam?